segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Monociclo

 
A arte corre, pedala, grita, num murburinho, bem dentro de mim. Explode, e quando isso acontece, sorrio.


Enviar um comentário