domingo, 14 de outubro de 2012

A vida que não queres

  Os adultos passam a vida a adiar. Adiaram a minha ida à Disney Land aos seis anos. Adiaram a minha entrada para o futebol aos oito anos. A bicicleta aos dez e aos doze a ida regular ao cinema quando saiam os novos filmes de desenhos animados. Adiaram, os adultos, a mota aos dezasseis e o carro aaos dezoito. 
  Depois comecei eu a adiar... Festivais aos vinte e dois e a ida a Marrocos aos vinte e cinco. Filhos aos vinte e sete e a casa em Alfama, no centro do que foi a minha vida, aos trinta e cinco. Entretanto, depois da vida não vivida, dou por mim a criticar os jovens vizinho que brincam com as crianças no meio da rua.
Enviar um comentário