sábado, 6 de novembro de 2010

Justiça

Aprendi que não vale a pena ter-se material, se nao se torna sentimentalmente e verdadeiramente útil. Não gosto de telefones por isso mesmo, afastam-me tanto das pessoas que chego a ter vergonha de falar "cara-a-cara"... nas ultimas horas estive numa muito boa actividade escutista e aprendi que afinal gosto muito mais, por exemplo, duma pulseira que me dao, do que dum carregamento de telemovel... Aprendi que é mais importante um casaco do que um lençol... Aprendo sempre muito, mas desta vez foi especial; talvez porque me sinto em saída.
Enviar um comentário