terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Há gente que fica na história, da história da gente. E na voz dos que sofrem, padecem sinais. Espero que os sinais sejam só isso e, pensando bem ou não, espero que o ponto final deste capítulo não acabe já
Enviar um comentário