domingo, 19 de dezembro de 2010

Hoje, doente, só espero que, no fim, depois de chorarem por ter partido, sorriam com uma lágrima por eu ter vivido.
Enviar um comentário