domingo, 28 de abril de 2013

Fés

  A igreja assusta-me. Perdão, não é a igrejas, são as missas! Há igrejas lindíssimas e devem ser visitadas, apreciadas. Mas as missas, perdão, assustam-me!
  Digo isto porque frequento missas, e não me tomem por ateu. Antes prefiro que me chamem parvo por frequentá-las, mas ateu não.
  Mas foquemo-nos no assunto. Pessoas que dão dinheiro para perdoarem pecados estão a pecar por subornar. Subornarem-se a si mesmas. Pobres, essas pessoas, que cantam deixas na missa sem saberem o que estão a dizer. Assusta-me ficar a ver bocas a mexerem-se todas ao mesmo tempo. Parece que desligo de tudo, naquele momento só vejo bocas. Bocas medonhas.
  E depois o padre... Dá a sua homilia e metade da igreja nem sequer o vê, nem quero imaginar quantos o ouvem... Chego à conclusão que são pessoas que vão à missa porque estão habituadas a fazê lo desde cedo, pessoas que sabem até o que o padre vai dizer a seguir e dizem-no mas apenas porque estão habituadas. Pessoas beatas. Pessoas estranhas...
Enviar um comentário